SOBRE O AUTOR

    Considerado o grande estilista da literatura realista do século XIX, Gustave Flaubert
    nasceu em Rouen, em 12 de dezembro de 1821. Filho de médico, seguiria a mesma
    profissão de seu pai se não tivesse descoberto antes sua verdadeira aptidão: a literatura.
    Abandonou os estudos científicos e passou a se dedicar a seus escritos. Entre 1849 e 1851,
    empreendeu uma longa viagem por vários países, como Egito, Palestina, Síria, Grécia e outros,
    com seu amigo, o escritor Maxime Du Champ. Após seu retorno, retomou seus trabalhos
    literários e publicou o romance Madame Bovary (1857), que logo se tornou um acontecimento
    literário e lhe rendeu um processo por ir contra os valores morais; o escritor, porém, não chegou
    a ser condenado. Nessa mesma época, também publicou, em Artiste, uma série de estudos e
    fragmentos que comporiam a primeira versão da obra Tentação de Santo Antônio. Em 1858, ele
    sai novamente em viagem e vai conhecer a Tunísia e as ruínas de Cartago, de onde traz a
matéria-prima para a sua segunda obra romanesca, Salammbô, lançada em 1862. Alguns anos depois, ele escreveu o que seria seu último romance publicado em vida, Educação Sentimental (1869), que conquistou o coração dos leitores e da crítica. Em 1874, lança a versão definitiva de Tentação de Santo Antônio; e três anos depois, Três contos, em que sua genialidade e precisão surgem em narrativas breves. No final da vida, retoma sua pesquisa enciclopédica para completar o romance Bouvard e Pécuchet, que havia anos ele vinha elaborando. Em 8 de maio de 1880, Flaubert morre de hemorragia cerebral, deixando a obra quase pronta — faltava apenas escrever dois capítulos, já esboçados em roteiro, e preparar um segundo volume, que seria composto de citações, no qual seria incluído o “Dicionário de Idéias Feitas”, pronto desde os anos 50.


CATEGORIA
Clássicos da Literatura Mundial 


OBRAS

Bouvard e Pécuchet

R$59,00