O crítico e editor cultural estuda a produção cinematográfica brasileira a partir de 1990. Começando o retrato pela era Collor, quando a produção nacional foi estancada, o livro descreve a retomada das atividades cinematográficas e o alcance de certa estabilidade, quando filmes como O auto da compadecida, Carandiru e Cidade de Deus obtiveram boa repercussão entre público e crítica.

Livro
Autor Luiz Zanin Oricchio
Páginas 256
Tradutor

Escreva um comentário

Você deve acessar ou cadastrar-se para comentar.