Primeiro romance do Prêmio Nobel de 1972, a obra foi escrita em 1950, mas só foi editada postumamente, em 1992. O livro conta a história do regresso do soldado Hans a sua cidade em ruínas, Colônia, no fim da Segunda Guerra, seu encontro com Regina e o amor que nasce entre ambos. A trama de herança em que se vêem indiretamente envolvidos é retratada como sinal de perpetuação de estruturas de poder vigentes na Alemanha hitlerista.

Livro
Formato 21x14x1,5cm
ISBN 978-85-744-8090-9
Páginas 208
Sobre o autor (a) Heinrich Böll assumiu papel central na cena cultural e literária alemã, desde os primeiros anos do pós-guerra até 1985, quando faleceu. Sua obra ficcional, agraciada em 1967 com o prestigioso Prêmio Büchner e com o Prêmio Nobel de Literatura em 1972, voltou-se à representação dos conflitos morais, éticos e religiosos vividos nos contextos de penúria, reconstrução e depois pujança econômica da sociedade alemã ocidental após a Segunda Guerra. A narrativa despojada de Böll encontrou enorme repercussão junto a leitores alemães e estrangeiros. A tiragem total de seus livros, traduzidos para cerca de 40 idiomas, alcançou a marca de 20 milhões de exemplares,alguns dos quais publicados anteriormente no Brasil.
Tradutor Karola Zimber

Escreva um comentário

Nota: O HTML não é traduzido!
Ruim           Bom