Pontos de vista de um palhaço traz ao leitor as questões que tensionavam a Alemanha pós‑Segunda Guerra, uma nação em reconstrução, trespassada por sérios conflitos de ordem econômica, religiosa e ideológica. Hans Shnier, personagem central, é um palhaço abandonado pela companheira – fato que o coloca numa rota reflexiva e autodestrutiva até os níveis mais profundos e sutis do conflito alemão.


Livro
Páginas 312
Sobre o autor (a) Heinrich Böll
Tradutor Paulo Soethe

Escreva um comentário

Nota: O HTML não é traduzido!
Ruim           Bom