Por que o patrimônio histórico, arquitetônico e urbano conquistou um público universal? Por que seu conhecimento, sua conservação e restauração se transformaram numa questão crucial para todos os países? Esta investigação, que abrange cinco séculos, defende uma mudança urgente para uma orientação que possa reverter a indiscriminada e acelerada especulação com os bens culturais e mostra como nossa herança arquitetônica e urbana revela-se alegoricamente como um espelho cuja contemplação narcisista aplaca nossas angústias.

Livro
Formato 21x14x2cm
ISBN 978-85-744-8030-5
Páginas 286
Sobre o autor (a) Françoise Choay é historiadora das teorias e das formas urbanas e arquitetônicas e professora da Universidade de Paris-VIII. Publicou ainda L’Urbanisme, Utopies et Réalités - Une Anthologie, 1965, e La Règle et le Modèle - Sur la Théorie de l’architecture et de l’urbanisme, 1980 (1996). É detentora do Grand Prix National du patrimoine, 1995.
Tradutor Luciano Vieira Machado

Escreva um comentário

Nota: O HTML não é traduzido!
Ruim           Bom