Como desenvolver a confiança em si?

Como desenvolver a confiança em si?

Com base em textos de filósofos e sábios, no trabalho de psicanalistas e psicólogos, mas também na experiência de grandes desportistas, artistas e anônimos, este livro lança luz sobre o mistério da autoconfiança. E nos mostra como fazer desabrochar uma aptidão tantas vezes escondida, no aguardo de ser retirada da surdina.

Leia Mais

Romance distópico de Yoko Ogawa, chega ao Brasil

Romance distópico de Yoko Ogawa, chega ao Brasil

A polícia da memória, finalista do International Booker Prize 2020 e do National Book Awards 2019, foi traduzido em diversos idiomas e, mais uma vez, marca o talento da escritora contemporânea Yoko Ogawa.

Leia Mais

Paulo Mendes da Rocha: nosso querido arquiteto

Paulo Mendes da Rocha: nosso querido arquiteto

Neste domingo (23/05), Paulo Mendes da Rocha levou sua prancheta para outras latitudes. Neste país tão agredido e acometido de sangramento sanitário, moral, institucional, social e econômico, esta perda nas artes e na criação é das mais dolorosas. Tive a grande felicidade de ter trabalhado com ele enquanto editor particularmente em dois projetos no contexto da coleção Estúdio Aberto, da Editora Estação Liberdade, de livros em que arquitetos de diversas origens, épocas e horizontes falam de sua obra sempre na primeira pessoa, trazendo experiências pessoais e suas visões da arquitetura.

Leia Mais

ATÉ ONDE VOCÊ IRIA PARA SER VOCÊ MESMO?

ATÉ ONDE VOCÊ IRIA PARA SER VOCÊ MESMO?

TERRÁQUEOS é o segundo romance da autora japonesa Sayaka Murata publicado pela Estação Liberdade, e assim como em QUERIDA KONBINI -- romance que já vendeu mais de 1 milhão de exemplares em todo o mundo -- Murata questiona e confronta o conceito de normalidade da sociedade atual e nos deixa com uma simples pergunta: até onde você iria para ser você mesmo?

Leia Mais

Estação Liberdade inicia a publicações da obra de Mishima com o inédito VIDA À VENDA

Estação Liberdade inicia a publicações da obra de Mishima com o inédito VIDA À VENDA

A Estação Liberdade, que já publicou a correspondência entre Mishima e o ganhador do Nobel Yasunari Kawabata, lança agora, em celebração a esta efeméride, o romance inédito Vida à venda, traduzido do japonês por Shintaro Hayashi. O livro abre a série de 7 publicações do autor que serão publicadas pela casa.

Leia Mais

O sangue de Emmet Till: um crime de ódio que chocou o mundo

O sangue de Emmet Till: um crime de ódio que chocou o mundo

Inédito até agora no Brasil, Timothy B. Tyson é um professor e historiador americano especializado em cultura, religião e questões raciais relacionadas ao Movimento dos Direitos Civis, que polarizou as instituições, a política e a opinião púbica dos EUA em meados do século XX.

Leia Mais

O Brasil no Divã

O Brasil no Divã

Johann Wolfgang Von Goethe, nascido no dia 28 de agosto de 1749 em Frankfurt, é provavelmente o principal nome da história da literatura alemã. Com 25 anos, publicou o romance Os sofrimentos do jovem Werther, fenômeno cultural que fez do jovem autor uma celebridade literária na Europa. Foi precursor do romantismo, junto do amigo Friedrich Schiller. Sua vasta obra artística, ladeada por uma carreira como homem da corte em Weimar e por investigações nas ciências naturais, representa uma reflexão aguda sobre o destino humano individual e coletivo na modernidade.

Leia Mais

Comentários do editor sobre os lançamentos 2020

Comentários do editor sobre os lançamentos 2020

"Ficamos especialmente felizes com a Revista Quatro Cinco Um listando nossa safras de próximos lançamentos. A janela japonesa continua forte. De mestre Kawabata, Beleza e tristeza sairá com tradução do japonês por Lídia Ivasa. O Nobel de 1968 revista à sua maneira um triângulo amoroso. Beleza e tristeza será nosso décimo-primeiro livro dele, era um que faltava em nosso catálogo.

Leia Mais

O Divã ocidento-oriental de Johann Wolfang von Goethe

O Divã ocidento-oriental de Johann Wolfang von Goethe

O Divã ocidento-oriental (em alemão, West-östlicher Divan) é a única coletânea de poemas publicada em vida pelo poeta alemão J. W. von Goethe. É isso mesmo que você leu: a única coletânea! Mas como? O grande poeta não escreveu milhares de poemas, sem falar no Fausto, aquele grande poema dramático? Pois é. A grande maioria dos poemas de Goethe estão em outros locais que não em coletâneas ou “livros de poesia”: na sua volumosa correspondência, em revistas (inclusive as organizadas por ele ou em parceria com Schiller), em romances (por exemplo Mignon em Anos de aprendizado de Wilhelm Meister), em textos críticos e outros. Um ciclo de poemas pensado arquitetonicamente – no sentido que, por exemplo, entende Hugo Friedrich em Estrutura da lírica moderna – dentro da obra de Goethe encontraremos apenas no Divã ocidento-oriental.

Leia Mais

Trechos do poema “O convidado do espelho” (P.O.L, 2020) de Atiq Rahimi

Trechos do poema “O convidado do espelho” (P.O.L, 2020) de Atiq Rahimi

Queremos dar sequência à comemoração do Dia Mundial do Livro, festejada ontem, 23 de abril. Encaminhamos a nossos leitores e amigos uma oferta em que nosso catálogo está com 30% de desconto, mais frete por nossa conta, até o dia 28/4 inclusive (estendendo a ação inicial, que previa dia 26/4). Incluímos na ação 23 sugestões de livros de nosso catálogo, comentados pelo editor Angel Bojadsen, em que ele justifica essas escolhas editoriais, no contexto também dos 30 anos da casa.

Leia Mais

Exibindo de 1 a 10 do total de 121 (13 páginas)