Bloco literário: Hans Fallada

Bloco literário: Hans Fallada

Rudolf Wilhelm Friedrich Ditzen nasceu em Greifswald, no nordeste da Alemanha, em 21 de junho de 1893. Teve uma infância difícil e uma juventude pouco sociável, talvez sequela de conflitos na relação com o pai, juiz num tribunal supremo do Reich em Leipzig. Aos 18 anos, se feriu gravemente e matou um colega em uma tentativa de duplo suicídio falseada como duelo. Em decorrência disto, teve sua primeira internação em um asilo psiquiátrico.

Leia Mais

Bloco literário: Yoko Ogawa

Bloco literário: Yoko Ogawa

Yoko Ogawa está estabelecida como uma das escritoras de maior prestígio no Japão, onde arrebatou todos os prêmios referenciais do meio literário japonês, entre os quais o Akutagawa pela novela Ninshin karenda [Diário da gravidez], o Yomiuri por Hakase no aishita sushiki [A fórmula preferida do professor], o Izumi Kyoka por Burafuman no maiso [O enterro de Brahman], e o Tanizaki por Mina no koshin [A marcha de Mina].

Leia Mais

Indicações para o Nobel de Literatura

Indicações para o Nobel de Literatura

Todo mês de outubro é mês de Nobel de Literatura. Além de decidir as pagas dos apostadores e matar a ansiedade dos palpiteiros, o anúncio do prêmio esquenta o mercado editorial e vai formando o corpo artístico-político dos “Prêmios Nobel”, instituição que tem autores dos mais diversos, alguns tremendamente populares, outros solenemente esquecidos. Alguns meses depois disso, por volta de dezembro ou janeiro, a Academia Sueca faz outro anúncio, um que já não movimenta o mercado, mas que mexe com a curiosidade de quem se interessa pela arqueologia do cânone literário: a secretíssima “lista de indicados” do Nobel, liberada apenas 50 anos após a entrega de cada prêmio.

Leia Mais

NOVIDADE: OUTLET ESTAÇÃO LIBERDADE

NOVIDADE: OUTLET ESTAÇÃO LIBERDADE

Diversos títulos do nosso catálogo — incluindo lançamentos, livros em final de edição e até mesmo obras que não mais se encontram em livrarias — com um mega desconto para você aproveitar.

Leia Mais

A Guerra Civil de Júlio César

A Guerra Civil de Júlio César

Este contundente testemunho político e militar aborda a luta dos anos de 49 e 48 a.C. pela supremacia em Roma, travada entre dois gigantes da História Antiga: Júlio César e Cneu Pompeu.

Leia Mais

Estação Liberdade inicia publicação dos Ensaios do Prêmio Nobel de 2019, Peter Handke

Estação Liberdade inicia publicação dos Ensaios do Prêmio Nobel de 2019, Peter Handke

Já faz décadas que o austríaco Peter Handke tem seu nome citado como um dos mais influentes renovadores da literatura em língua alemã. Sua quebra com as correntes literárias dominantes — como o realismo do pós-Segunda Guerra, que ele acusou de padecer de uma “impotência descritiva” — abriu caminho para uma obra dramatúrgica radicalmente original e uma prosa marcada por uma experimentação linguística quase performática.

Leia Mais

Sugestões de presentes da Estação Liberdade para o fim do ano!

Sugestões de presentes da Estação Liberdade para o fim do ano!

Com o fim do ano e as festas se aproximando, a correria em busca do presente perfeito também começa. Que tal aproveitar nossas promoções para presentear sem medo de errar? Separamos algumas sugestões para te ajudar nessa hora. E o melhor: todas elas vêm com brindes exclusivos!

Leia Mais

O guia fantástico do centro antigo de Tóquio

O guia fantástico do centro antigo de Tóquio

Inspirado pelas "100 vistas de Edo", do mestre do ukiyo-e Hiroshige Utagawa (1797-1858), o ilustrador japonês SHINJI TSUCHIMOCHI decidiu criar suas 100 VISTAS DE TÓQUIO. A publicação, que já teve edições em espanhol e francês além da original japonesa, é o mais novo livro ilustrado da Estação Liberdade.

Leia Mais

"Literatura chinesa de raiz", por Sergio Maduro

"Literatura chinesa de raiz", por Sergio Maduro

Na matéria de Sergio Maduro para o Instituto Confúcio, conheça mais sobre Chen Zhongshi e sua obra-prima "Na Terra do Cervo Branco"

Leia Mais

Chen Zhongshi: 5 motivos para conhecer o autor e sua obra-prima

Chen Zhongshi: 5 motivos para conhecer o autor e sua obra-prima

“Se o livro tiver a capacidade de despertar o interesse dos leitores e os ajudar a conhecer a evolução histórica da China contemporânea, ficarei plenamente satisfeito”. Era assim que o romancista chinês Chen Zhongshi falava sobre sua obra Na Terra do Cervo Branco. A obra é fruto do esforço monumental de recriar as marés históricas e conflitos políticos do século XX na China, ao mesmo tempo acertando contas com a milenar tradição do país. O desejo de Chen era criar uma obra-prima que “ele pudesse levar para o caixão como um travesseiro."

Leia Mais

Exibindo de 11 a 20 do total de 116 (12 páginas)