Crítica da retórica democrática

Luciano Canfora
A partir de questões suscitadas pela instalação de George W. Bush na presidência dos Estados Unidos, Canfora traz à discussão um ponto central na sociedade contemporânea: até que ponto os discursos sobre a democracia propagandeados pelas grandes potências mundiais fazem jus a uma prática efetivamente democrática? Citando de Sócrates a Gramsci, de Thomas Mann a Eric Hobsbawm, o autor tece uma profunda crítica ao discurso democrático praticado hoje, tomando como base os referenciais clássicos gregos.
 Leia um trecho
                    
Tradutor: Valéria Pereira da Silva 
Formato: 14x21x1,5 cm
Páginas: 120
ISBN: 978-85-744-118-0

SOBRE O AUTOR 
Luciano Canfora nasceu em Bari (Itália) em 1942. É professor de filologia clássica na Universidade de Bari, onde dirige o Departamento de Ciências da Antigüidade. Suas pesquisas, principalmente sobre Demóstenes e Tucídides, renovaram aspectos fundamentais das letras gregas. Publicou numerosas obras, constando entre as mais recentes Togliatti e i dilemmidella politica (1989), A biblioteca desaparecida: histórias da biblioteca de Alexandria (Cia. das Letras, 1989), Tucidide e l’Impero (1991), Le viedel classicismo 1 (1991), Vita di Lucrezio (1993), Storia de lla letteratura greca (1994), Il destino dei testi (1995), Ellenismo (1995), Teorie e tecnica de lla storiografia classica (1996), Le viedel classicismo 2. Classicismo e libertà (1997), Il mistero Tucidide (1999). Também é diretor da revista Quadernidi Storia.                                                    

É importante destacar que os produtos vendidos em nossa outlet são novos, apesar de pequenas avarias causadas pela armazenagem e pelo tempo (páginas amareladas ou ferrugem de papel), e da eventual presença de amassados, marcas, manchas, riscos, sinais de uso ou pequenos defeitos de produção. Os volumes selecionados nunca terão problemas que interfiram na leitura do conteúdo.

Escreva um comentário

Você deve acessar ou cadastrar-se para comentar.