SOBRE O AUTOR

    FRIEDRICH DÜRRENMATT nasceu na pequena cidade de Konolfingen, na Suíça, em 1921, filho de
    um pastor protestante. Dürrenmatt estudou literatura, filosofia e teologia, mas não concluiu a
    universidade.
    Influenciado pelo teatro épico de Bertolt Brecht, escreveu sua primeira peça, Es steht geschrieben
    (“Está escrito”), aos 25 anos. A partir da década de 1950, com obras como O juiz e seu algoz (1950),
    A suspeita (1951, no prelo pela Estação Liberdade) e A visita da velha senhora (1956), se estabeleceu
    como um dos grandes autores de seu país, com textos encenados, adaptados e traduzidos mundo
    afora. Dürrenmatt escreveu ensaios, peças, sátiras e romances, sempre marcados por reflexões
    sobre a justiça, a liberdade, a culpa, o acaso, a virtude e a literatura em si, em uma produção que
    explora a tragédia humana de forma irônica, por vezes grotesca, escancarando as ambiguidades e
    a decadência moral da Europa no pós-Segunda Guerra. Do autor, a Estação Liberdade também
    edita Justiça.