Perda da imagem ou através da Sierra de Gredos
  

Autor: Peter Handke

Tradução: Simone Homem de Mello

Número de páginas: 584

ISBN: 978-85-7448-311-5

 Comprar pela Amazon

 Comprar pela Apple iBooks Store

 Comprar pelo Google Play

 Comprar pelo Kobo





Sobre a obra


Numa época indefinida de um século XXI já avançado, uma banqueira - "a princesa das finanças" -, que vive numa cidade portuária do noroeste europeu, pega um avião com destino à região espanhola da Mancha, que Miguel de Cervantes tornou tão famosa. De lá, dirige-se à Sierra de Gredos. Sai em busca de um escritor que contratara para narrar sua história. Depara-se com uma cidade, imaginária, cujos habitantes - uma curiosa galeria de personagens - experimentam uma perda total de imagens, idéias, ritos, sonhos, ideais e leis. Um efeito do mundo que os rodeia, no qual as mudanças climáticas são um fato, as guerras são contínuas, as sociedades se agrupam em âmbitos locais e os meios de comunicação inundam as vidas cotidianas.




Lembramos que toda compra nos reforça. Nesses tempos difíceis para o comércio do livro agradecemos o apoio a nosso catálogo e à bibliodiversidade.

 





Sobre o autor

 

Ganhador do Prêmio Nobel de Literatura 2019, Peter Handke é um dos maiores escritores de língua alemã. Tornou-se conhecido nos anos 1970 como roteirista de Wim Wenders e por obras como "O Medo do Goleiro Diante do Pênalti", "A Mulher Canhota" (também filmado por ele) e "Tarde de Um Escritor". Produto por excelência da dissolução do Império Austro-Húngaro e mais tarde da Iugoslávia (a mãe era eslovena, o pai austríaco), sua escrita é fortemente marcada pelo desassossego centro-europeu e das margens do Danúbio. Sua rebeldia é igualmente literária, com todo proveito para sua vasta e refinada obra.

Escreva um comentário

Você deve acessar ou cadastrar-se para comentar.