SOBRE A OBRA

“Uma voz forte. Uma liberdade impressionante. Não se parece com ninguém, não é ‘nova geração’, não tem truques para ‘prender o leitor’, crimes, sus-pense, ação, sexo. Por outro lado, só trata disso. De crimes e sexo. Só que nada acontece. Como pode?” (Maria Rita Kehl).

O primeiro livro de Marcelo Mirisola, com um texto dilacerante e ferino, ao qual a crítica deu amplo destaque. Nova edição revista pelo autor.

SOBRE O AUTOR

Marcelo Mirisola nasceu em São Paulo, em 1966. Estreou, em 1998, com o volume de contos Fátima Fez os Pés para Mostrar na Choperia. Publicou pela Editora 34 as coletâneas de contos Herói Devolvido (2000) e Notas da Arrebentação (2005), com posfácio de Ricardo Lísias; e os romances Azul do Filho Morto (2002) e Bangalô (2003). Pela Record, publicou Joana, a Contragosto (2006). Com o cartunista Caco Galhardo, lançou, pela Barracuda, O Banquete (2003). 

Livro
Formato 23x16x4cm
Páginas 144
Peso 0.190 Kg
ISBN 978-85-7448-119-7

Escreva um comentário

Você deve acessar ou cadastrar-se para comentar.