Depois de O gato zen e O gato filósofo, a maravilhosa arte de Kwong Kuen Shan está de volta em O gato e as orquídeas! Esta coleção, com 40 novas aquarelas, evoca os gatos e a sabedoria de seus modos, aliados a um novo elemento: a beleza e a energia silenciosa das flores.
As pinturas são acompanhadas de textos: poemas, provérbios ou trechos populares da milenar tradição chinesa, pelos sábios Hung Ying-Ming, Cao Xueqin e Han Yu, entre outros.

Como outros pintores da escola tradicional chinesa, Kuen Shan busca retratar o Qi — vitalidade, espírito — dos seus temas. A partir da observação atenta e da reflexão, brotam as imagens. A artista atrai o observador, convidando a entrar na obra e procurar a história que se desenrola para além do que veem os olhos.
Em O gato e as orquídeas, as flores — com destaque para as orquídeas, mas não só — vêm para dar um toque a mais de significado e graciosidade nas cenas de felinos retratadas pela artista. Apresentando mais detalhes sobre o simbolismo e as sutilezas de suas amigas plantas — o girassol, por exemplo, é a amiga otimista, enquanto a lótus é a amiga pura — a autora nos mergulha mais uma vez em uma inesgotável fonte de deleite, reflexão e encantamento.

 LEIA UM TRECHO


Livro
Formato 17x17x1cm
ISBN 978-85-7448-296-5
Páginas 96
Sobre o autor (a) KWONG KUEN SHAN é uma artista e escritora natural de Hong Kong. Kuen Shan estudou inglês e chinês clássico em seu país natal antes de se radicar em Londres. Atualmente, vive com o marido Christopher e o gato Joseph em uma pequena cidade no País de Gales, onde pinta, escreve e ensina arte chinesa. Seus temas preferidos são animais domésticos, vida selvagem, flores e paisagens. Nas horas livres, cozinha, toca piano (um pouco), cuida do jardim (bastante) e mima Joseph (muito!). Além de exposições locais, seus trabalhos foram destacados recentemente em mostras em Paris e Milão. É autora também de O GATO FILÓSOFO e O GATO ZEN, ambos publicados pela Estação Liberdade (2015).
Tradutor Denise Bottmann

Escreva um comentário

Nota: O HTML não é traduzido!
Ruim           Bom