Topografia ideal para uma agressão caracterizada 

Rachid Boudjedra
Odisseia miserável e extenuante de um argelino que deixa seu país e se perde nos meandros do metrô parisiense. Esta aventura, que dezenas de trabalhadores emigrados vivem diariamente, assume aqui conotações comoventes. Um texto duro e incisivo de um estilista que escreve igualmente em árabe e francês e se consagrou no mundo da francofonia.
                  
Tradutor: Flávia Nascimento
Formato: 14x21x1 cm
Páginas: 232
ISBN: 978-85-744-139-5

SOBRE O AUTOR 
Rachid Boudjedra nasceu em 1941 em Aïn-Beïda, Argélia. Sua obra ocupa importante espaço na literatura produzida após a guerra de libertação de seu país (1954-1962). Escreveu sempre em francês, mas atualmente se dedica também à produção em árabe. Desde seu primeiro romance, La Répudiation (1969), Boudjedra volta seu olhar para as contradições da Argélia independente — nação em que ainda é notável o embate entre a modernidade e o respeito à tradição. Preocupação constante em seu trabalho são as condições do imigrante magrebino na Europa, especialmente na França, como ocorre no presente Topografia ideal para uma agressão caracterizada.  [LEIA MAIS]                                                    

Livreiros e distribuidores:
Para orçamentos e pedidos, nos encaminhe um e-mail: vendas@estacaoliberdade.com.br