Hegel

Benoit Timmermans 
Georg Wilhelm Friedrich Hegel (1770-1831) é, com Platão, o mais aviltado de todos os filósofos. Ele que desejava afirmar o poder do negativo para tornar fluido o pensamento enclausurado de Kant, foi criticado por dizer tudo e seu contrário; sua grande ferramenta conceitual, a dialética, por meio da qual ele pretendia entender os caminhos do espírito em suas diversas encarnações (arte, religião, história, saber), viu-se caricaturada na mais do que famosa tríade “tese-antítese-síntese”; e, a partir de seu interesse pela luta de vida ou morte da qual surgem o “mestre” e o “escravo”, atribui-se a ele uma queda pela dominação... Esta obra pretende fazer justiça a Hegel, filósofo da racionalidade vigilante, da liberdade concreta e da paciência do conceito. Ela aborda primeiro "A ciência da lógica", depois a "Fenomenologia do espírito" e se interessa finalmente pela posteridade vivaz desse pensador complexo e incontornável que, após ter dominado todo o século XIX, viu sua influência confirmada no século seguinte: de Marx a Lacan, passando por Kierkegaard, Nietzsche, Kojève.

                    
Tradutor: Tessa M. Lacerda 
Formato: 14x21x1 cm
Páginas: 184
ISBN: 978-85-7448-102-9
SOBRE O AUTOR 
Benoît Timmermans, pesquisador do Fundo Nacional Belga de Pesquisa Científica e da Universidade de Bruxelas, publicou entre outros La Résolution des problèmes de Descartes à Kant (1995) e trabalhou em nova edição francesa da Estética de Hegel. Também é co-autor, com Bernard Lamy, de La Rhétorique ou l’Art de Parler (2000).                                                   

Livreiros e distribuidores:
Para orçamentos e pedidos, nos encaminhe um e-mail: vendas@estacaoliberdade.com.br