Lyotard

Alberto Gualandi
O filósofo francês Jean-François Lyotard (1924-1998) é tido, principalmente em seu país, como a encarnação contemporânea do sofista, e ocupa hoje um lugar de destaque na história da filosofia do século XX. Autor de mais de trinta livros traduzidos em uma dezena de línguas, ganhou grande projeção internacional com o lançamento da obra A condição pós-moderna, em 1979. De lá para cá, inúmeros debates e reflexões passaram a se referir e usar a expressão “pós-moderno”. 

Lyotard foi militante de Socialismo ou Barbárie, grupo de extrema esquerda anti-stalinista, e participou politicamente do Maio de 68, na França. Filósofo artista, vindo da fenomenologia e do marxismo, soube aprender com pintores, escritores, músicos e cientistas. Juntamente com outros grandes nomes das últimas décadas, Lyotard abordou, de forma profunda e crítica, as consequências do pós-modernismo nas relações sociais.
Col. Figuras do saber - 19                  
 
Tradutora: Anamaria Skinner
Formato: 14x21x1 cm
Páginas: 176
ISBN: 978-85-7448-125-8

SOBRE O AUTOR 
Alberto Gualandi, doutor em filosofia, publicou "Le problème de la vérité scientifique dans la philosophie française contemporaine - La rupture et l’événement" (L’Harmattan, 1998).                                                     

Livreiros e distribuidores:
Para orçamentos e pedidos, nos encaminhe um e-mail: vendas@estacaoliberdade.com.br