O mundo fantástico de E.T.A. Hoffmann

O reflexo perdido e outros contos insensatos é uma coletânea organizada, traduzida, prefaciada e anotada por Maria Aparecida Barbosa — responsável pela tradução de Reflexões do gato Murr, também publicado pela Estação Liberdade.

O livro propõe um recorte abrangente e revelador da obra de
E.T.A. Hoffmann (1776–1822), pioneiro do romantismo alemão e eterna influência dos autores de literatura fantástica. Os textos atestam o virtuosismo de Hoffmann, que se tornou célebre por sua erudição tanto quanto por sua irreverência.

A difusão das fronteiras entre ficção e realidade, a intertextualidade com seus contemporâneos (inclusive “emprestando” personagens de outros autores), o teor filosófico com que envolve seus temas de fantasia e de horror: essas são algumas marcas de Hoffmann que tiveram grande influência em toda a literatura posterior a ele. A coletânea inclui histórias consagradas como "O Homem-Areia", "As minas de Falun" e "O Quebra-Nozes e o Rei dos Camundongos", além de contos inéditos em português.


Leia um trecho da obra aqui




    SOBRE O AUTOR 

    Ernst Theodor Wilhelm Hoffmann nasceu em Königsberg, na Prússia
    Oriental, em 1776. Desenvolveu carreira como jurista, atuando em
    tribunais de apelação em Berlim e em Varsóvia. Desde cedo
    demonstrava inclinação para as artes, como pintura, teatro e,
    sobretudo, música clássica (era admirador de Mozart, de quem adotou
    o nome Amadeus em substituição a Wilhelm), passando a dedicar-se a
    tais paixões de modo integral a partir de 1808.
    
    Foi homenageado por Jacques Offenbach com a ópera Os contos de
    Hoffmann, baseado em três histórias do autor. De saúde permanentemente
    frágil, agravada pelo abuso de álcool, ele seguiu produzindo até o fim da
    vida. Faleceu de forma precoce em 25 de junho de 1822, aos quarenta
e seis anos de idade.




Conheça também a outra obra do autor: 

Reflexões do gato murr
R$59,00



Comentários

Escreva um comentário