A fadiga da democracia progressista e os novos demagogos
Na terça-feira, 13/8, tivemos na Martins Fontes Paulista o evento de lançamento de A GRANDE REGRESSÃO e a mesa "A fadiga da democracia progressista e os novos demagogos", com casa cheia.

Renato Janine Ribeiro, que assina o artigo "O brasil voltou cinquenta anos em três" no livro, falou sobre o percurso histórico que nos legou o Estado democrático de direito, e diagnosticou aquele que acredita ser o principal problema da democracia atualmente: o juízo popular deixou de ser político e passou a ser econômico. A régua de aceitação, portanto, é a prosperidade econômica pessoal, que vem sendo defendida — muitas vezes demagogicamente — a quase qualquer custo.




Silvia Bittencourt, que traduziu vários artigos do GRANDE REGRESSÃO, falou sobre sua experiência como jornalista na Alemanha e a ascensão dos partidos organizados da extrema-direita, como o AfD, paralelamente ao declínio do SPD, o Partido Social-Democrata, e a complexidade de se identificar atualmente quem são os eleitores típicos de cada um destes movimentos . 



A mediação da conversa foi feita pelo nosso diretor editorial Angel Bojadsen, que salientou a dificuldade e a importância de um debate público frutífero num governo patológico. Buscando exemplos no livro, citou Slavoj Žižek e a fragilidade da ideologia liberal hegemônica, e também retomou as observações de Renato Janine em seu artigo, sobre o fato de o Brasil ser não um projeto de fracasso da justiça social, mas sim de sucesso na desigualdade e na exclusão. O questionamento dividiu o público entre otimistas e desesperados. Do lado de fora, na Avenida Paulista, alguns milhares de pessoas estavam reunidos em protesto contra os cortes propostos na educação pública brasileira. 



Agradecemos a participação dos amigos, amigas, leitores e autoridades como o Vice-Cônsul-Geral da Alemanha em São Paulo, sr. Jens Gust, que nos honrou com sua presença, assim como o cônsul para assuntos políticos e de imprensa, sr. Patrick Hansen.










Comentários

Escreva um comentário