Arte não Europeia: conexões historiográficas a partir do Brasil  

Claudia Mattos Avolese e Patricia D. Meneses (organizadoras)

Ao trazer a primeira coletânea de textos dedicados a temas de história da arte não europeia ao público brasileiro, este livro apresenta uma fascinante amostra de pesquisas realizadas em um contexto expandido, capaz de alcançar além das narrativas tradicionais da disciplina e observar seus objetos de estudo como parte integrante de uma rede móvel e complexa de interações espaçotemporais. Abordando as artes pré-colombiana e ameríndia, africana e japonesa, os textos trazem importantes debates teórico-metodológicos que acompanham o processo de expansão do campo de estudos na atualidade. Nesse sentido, este volume pretende ser uma introdução às possibilidades postas por uma nova história da arte, crítica e mais inclusiva e, acima de tudo, servir de inspiração para futuros pesquisadores interessados nessa área de conhecimento hoje.

Os pedidos realizados serão enviados a partir do dia 01 de julho de 2020.

Lembramos que toda compra nos reforça. Nesses tempos difíceis para o comércio do livro agradecemos o apoio a nosso catálogo e à bibliodiversidade. 
Formato: 14x21cm
Páginas: 240
ISBN: 978-85-7448-313-9

SOBRE AS ORGANIZADORAS
Claudia Mattos Avolese é professora de História da Arte no Instituto de Artes e do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas da Unicamp e pesquisadora do CNPq. Possui doutorado em História da Arte pela Universidade Livre de Berlim e pós-doutorado pelo Courtauld Institute de Londres. Em 2012, foi pesquisadora convidada do Instituto Getty de Los Angeles e, em 2017, professora convidada no Departamento de História da Arte e Arquitetura de Harvard. Atualmente é membro do conselho diretivo do Comitê Internacional de História da Arte (CIHA). Possui vários artigos acadêmicos e os seguintes livros publicados: Goethe e Hackert: sobre a pintura de paisagem (Ateliê Editorial, 2008), Lasar Segall: expressionismo e judaísmo (Perspectiva, 2000), O brado do Ipiranga (Edusp, 1999), Entre quadros e esculturas: Wesley Duke Lee e os fundadores da Escola Brasil (Discurso Editorial, 1997), Lasar Segall (Edusp, 1996).
 
Patricia D. Meneses é doutora em História das Artes Visuais pela Università Degli Studi di Pisa (Itália) e professora do Departamento de História da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Foi professora visitante (Hans Jonas Gastdozentur) na Universität Siegen, na Alemanha. Atualmente é editora da revista Figura. Studies on the Classical Tradition. É autora de diversos artigos e dos livros Baccio Pontelli a Roma (Felici Editore, 2010), e Novela do Grasso Entalhador & Vida de Filippo Brunelleschi (Editora da Unicamp, 2013). Suas pesquisas abrangem vários temas, como a tradição clássica, literatura artística, debates transnacionais e relações entre ciência e arte.


Livreiros e distribuidores:
Para orçamentos e pedidos, nos encaminhe um e-mail: vendas@estacaoliberdade.com.br

Escreva um comentário

Você deve acessar ou cadastrar-se para comentar.